Apadrinhe/Amadrinhe uma castração

04/10/2011 § Deixe um comentário

Quem me conhece sabe que um dos meus sonhos é ter uma instituição de ajuda aos animais, principalmente se falando sobre castração. Além de reduzir o número de ninhadas, a castração ajuda no combate a doenças e deixa o bichinho bem mais tranquilo.

Certo dia estava no twitter e vi um link para uma ONG aqui em Florianópolis que ajuda os animais exatamente da forma como sempre pensei que pudesse ajudar. Fui atrás e descobri que a ONG se chama AMAR – Amigos dos Animais de Rua e muito me chamou a atenção sobre o apadrinhamento/amadrinhamento de castração. Temos aqui em casa quatro cachorros adotados e no momento não podemos ter mais, por isso quis ir atrás de ONGs para ajudar de outras formas.

Achei tão bacana a ONG, que enviei email para eles para que enviassem um texto explicativo do trabalho que realizam e principalmente sobre essa ajuda na castração. Abaixo coloco o texto que foi enviado pela Jane, da AMAR:

A ONG AMAR – Amigos dos Animais de Rua  (CNPJ n° 14.239.436/0001-42) – foi formada  por protetores que atuam, de forma independente,  há vários anos na grande Florianópolis, recolhendo, tratando, alimentando, castrando e doando animais.

Apesar de nossos esforços, não víamos diminuir o abandono e os maus-tratos, razão pela qual   optamos pela solução do problema na sua raiz: castrar o maior número de  animais possível.

Oferecemos, na medida do possível, castração TOTALMENTE GRÁTIS para os animais que vivem em comunidades carentes.

A AMAR  busca recursos ainda  para castrar animais que se encontrem em casas de protetores,  aguardando adoção. Há mais de 300 protetores na grande Florianópolis, grande parte deles abrigando animais além de suas possibilidades financeiras, o que os impede de arcar com os custos de castrações.

Também colocamos à disposição da população em geral  a castração de animais de estimação  a preços sociais, por meio da venda do VALE-CASTRAÇÃO  parcialmente subsidiado.

Quanto mais animais forem castrados,  menor será o número de ninhadas e, consequentemente, menos abandono haverá.

A AMAR NÃO TEM E É CONTRA ABRIGOS, pois entende que abrigos acabam virando depósito de animais, com animais amontoados, maltratados, estressados, confinados, passando doenças uns para os outros e fome.

Se você quer fazer parte da solução, apadrinhe/amadrinhe uma castração (veja nossa página de animais que esperam castração). Você também pode ajudar a evitar o abandono e o sofrimento castrando o seu animal de estimação, o animal de estimação de algum vizinho, de algum amigo, de um parente, de um colaborador seu, enfim a castração de qualquer animal de estimação, através da compra do vale-castração.

Nosso site é www.amigosdosanimaisderua.com.br

Não precisamos necessariamente adotar um bichinho para ajudá-lo. Existem muitas formas e apadrinhar/amadrinhas para a castração é uma forma muito bacana de fazer a diferença! Pense bem!

Obs: Hoje é dia Mundial dos Animais! Vamos colocar a mão na massa e ajudar de alguma forma?

Adote

28/09/2011 § Deixe um comentário

Quando eu tinha quatro anos meus pais decidiram ter um cachorro em casa. Eu era uma criança que tinha alguns medos e eles acharam a melhor opção ter um dog para minha companhia, companhia deles e para cuidar da casa. Decidiram que queriam uma cachorra de porte grande, uma pastora alemã, toda preta. Quando chegou lá na casa que morávamos, ela morria de medo de mim e eu dela. Eu tinha tanto medo que ficava em cima da mesa e ela embaixo, sem saber o que fazer. Era cômico e eu lembro bem.

Depois da Lika, nossa pastora, vieram mais seis cachorros. Adotados ou não. Alguns comprados por valores simbólicos, outros caros (na realidade somente uma, a Yorkshire). Assim posso com alguma base falar sobre a compra e a adoção de animais. Existe diferença. Eu ainda não tinha noção sobre isso, pois era muito novinha, mas com o tempo pude amadurecer e perceber o quanto nossas atitudes podem modificar tudo ao nosso redor. A atitude de cada um respinga sobre todos nós, sem pedir permissão.

Quando eu era ainda pequena, uma das nossas cachorras que adotamos estava grávida e teve nove filhotes. Nove! Gente, vocês sabem o que é colocar para adotar um cachorro sem raça? Foi o início de um processo doloroso e de amadurecimento, e pude ver ao meu redor o que estava na realidade acontecendo: eram animais sendo abandonados, machucados, sendo mal tratados, sem contar com as ninhadas que tinham aos montes na rua. A crueldade de um mundo que trata animais como objetos é pesado gente. Pude ver de perto o que acontece em canis (dogs doentes, deixados em lugares insalubres, mal tratados).

Estamos em um momento no mundo que precisamos ter consciência dos nossos atos. O que nossos antepassados fizeram está tendo o reflexo agora no mundo e não está sendo legal. Por isso, caro leitor, se quiseres ter um animal de estimação, se queres mesmo com consciência de toda a responsabilidade por outro ser vivo, adote, não compre. Se tu tiveres um cachorro de raça e quiseres cruzar, pense duas vezes. Três vezes, até quatro vezes. Existem milhares de animais abandonados, sem donos espalhados no Brasil e mundo afora, esperando por alguém bacana, e colocar mais animais no mundo somente por querer, ou ganhar dinheiro através de animais domesticados é um tanto quanto egoísta. Pense bem. 

Nada melhor do que enxergar além do próprio umbigo e sermos coerentes com tudo ao nosso redor. O mundo está em um processo de modificação e podemos melhorá-lo.

* Frase retirada de uma faixa que está na Lagoa da Conceição, aqui em Florianópolis. Antes de ver ao vivo a faixa, vi no Mãe de Cachorro. Também li um texto muito bacana no site Cachorro Verde, vale a pena ler!

** Foto cheia de pose do nosso cachorro da casa, Soho. Fez pose de triste!

Prateleira e seu gatinho

22/09/2009 § 2 Comentários

Picture 4

Falando em gatinhos… olha essa foto. Na realidade era para mostrar animais em móveis para o desire to inspire. Adorei o gatinho e também adorei o modelo desse nicho!!! Ah, se minhas prateleiras falassem…

Castração de Animais

14/09/2009 § Deixe um comentário

GetAttachment

Recebi um email nesta manhã e achei totalmente propício colocar aqui, já que somos totalmente à favor da castração e escrevemos muito sobre neste blog:

“Gente, dia 20 de setembro faremos o primeiro mutirão de castração a baixo custo da Cooperativa dos Defensores dos Animais do RS. Nos ajudem a divulgar, repassando esta mensagem. Parte do valor arrecadado será revertido para a Cooperativa, para castração de animais de rua.

Quem quiser castrar bichinhos (de rua ou não), entre no blog para anotar o contato da Anaí (presidente da Coop) e agende seu horário. É uma enorme chance de pagar um valor quase irrisório e diminuir a população de animais abandonados.”

Pois bem, entrei no blog Cooperativa dos Defensores dos Animais do RS e peguei o email de inscrição e informação: anai__garcia@hotmail.com.

Faça sua parte. Muita gente já está fazendo a sua!

Adote

09/06/2009 § Deixe um comentário

Ando triste. Triste não nos meus dias, mas em alguns pensamentos. E ontem… com aquela notícia, a gente fica se perguntando várias coisas. Tenho zilhões de defeitos, mas com certeza amo os animais e não faço mal a nenhum deles, de nenhuma maneira. Até pensei em fazer veterinária, quando era menor. Com o tempo vi que não poderia ser, pois sou muito emotiva com os animais, não conseguiria ver bichinhos com dor, sendo mal tratados e etc.

adote

Por isso, se tu queres um bichinho, se tu queres de verdade (não somente quando ele é filhote): NÃO COMPRE, ADOTE! Tem muitos animais precisando de um lar. Não vamos continuar com essa brutalidade desses dias, onde milhões de bichos são colocados pra fora da casa. Na zona sul, aqui de Porto Alegre, onde tem muitas casas, chega o verão e muitos animais são despejados de suas casas, assim, como se fossem coisas que as pessoas não querem mais. Não querem cuidar e fazem isso!!! E gente, não tem nada a ver com grana viu? É muita gente que tem grana para cuidar, mas simplesmente não quer mais e se “desfaz” de seu animal.

Crueldade? Todos os dias sabemos de algum caso. O de ontem é mais um que, quando vemos, pensamos e não conseguimos mudar o mundo. Tenho vontade de gritar, pegar pessoas que maltratam animais e fazê-las sofrer. Sério, de primeiro momento, penso nisso, fazer igual neles. Depois vejo que não é assim que as coisas se resolvem… ou é? Gente, muitas vezes queremos mudar, e ficamos parados, de mãos atadas.

Pense somente nisso: se queres ter um dog, um gato, adote. Os animais que estão realmente precisando de ajuda são mais que agradecidos. A gente sabe bem com esse trio aqui em casa. E se já tiver um bichinho na tua casa, castre ele. Não faz mal nenhum, ao contrário, só vai fazer bem ao cachorro. Não coloque mais cachorros nesse mundo. Já tem demais e não sabemos como mais ajudar! E gente, em fêmeas dogs… é melhor ainda, pois antes do cio, se castrar, diminui pra caramba a chance de ter câncer no ovário, útero, etc. Não tem nada a ver tirar uma cria para isso!! É folclore!

Mas assim, só se você quiser mesmo ter. Senão não pegue também. Animais tem cuidados muito parecidos com bebês: tem rotina para ir ao banheiro, rotina para comer, precisa passear TODOS os dias, precisa de carinho e atenção, fazer as vacinas. Sem contar nos banhos, na escovação de pelos (assim a gente tira a maior parte da sujeira). E essa rotina é durante a vida do dog.

Pense bem. Se não gosta de animais, não maltrate. Se gosta, ajude da forma que puderes (com doações para ongs, sendo padrinho de animais ou mesmo adotando). Faça algo.

Onde estou?

Você está navegando em publicações marcadas com gatos em .