Interações, elas são importantes

02/08/2016 § Deixe um comentário

Ola pessoal, tudo me paz? Hoje farei uma aulinha de ciências com um dos temas que eu mais adoro, interações!!

Na natureza, temos a tendência de achar que tudo é guerra, onde tudo se resumo a presa versus predador, mas não é!? Mas a grande maioria das interações são benéficas, onde os indivíduos que interagem entre um e outro recebem benefícios. Mas como assim?! É simples, as interações podem ter benefício aos ambos envolvidos, podendo ser uma união para sempre ou momentâneas. Os exemplos podem ser extremos, desde as bactérias que vivem associadas em nosso intestino, cuidando da nossa digestão e absorção dos nutrientes (por isso antibiótico pode ser um verdadeiro veneno para nós, mas isso é um assunto para mais adiante), desde os famosos corais recifais que vivem em simbiose com minúsculas algas e associações como as das duas fotos.Surgeon + CleanerImagem 1: Cirurgião Azul e Elacatinus figaro (Amarelinho com preto) – Foto feita no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos

Nesta imagem 1 podemos ver o peixe azul, chamado de Cirurgião Azul (Acanthurus coeruleus) sendo limpado pelo peixinho menor (Elacatinus figuro). Esse tipo de interação é conhecida como limpeza (cleaning em inglês). É comum com algumas espécies de peixes em estágios juvenis, eles realizam a limpeza nos maiores. Também é comum alguns camarões realizarem limpeza em peixes, inclusive em móreas! Outro exemplo, são os peixinhos que ficam na barriga dos tubarões e arraias, chamados de rêmoras, elas apresentam modificações na cabeça e assim, elas podem ficar ligadas a estes peixes, se alimentando das sobras, mas neste caso, o beneficio é para as rêmoras, já que elas não fazem nada aos tubas e arraias.

Dragmacidon+ParazoanthusImagem 2: Zoantídeo (tentáculos laranjas) vivendo sob a esponja (vermelha). Foto feita na Ilha do Xavier, Florianópolis.

Na imagem 2, temos animais invertebrados (não possuem coluna vertebral como peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos). O bichinho com tentáculos laranjas são conhecidos como zoantídeos e o nome científico dele é Parazoanthus swiifti. Ele está vivendo sob uma esponja-do-mar. O nome dessa esponjinha é Dragmacidon reticulatus.  Nesta associação, o zoantídeo tem benefício, pois busca proteção na esponja, já que as esponjas são conhecidas por terem pouquíssimos predadores, muito por causa dos compostos químicos que elas produzem para se defenderem. Afinal, elas não conseguem correr! Esse tipo de associação é o mais comum no ambiente marinho, já que lugar para a ocorrência dessas espécies sedentárias (animais que ficam fixos em um único ponto, sem que haja locomoção, como as árvores) é um recurso escasso, todos os lugares que existem no fundo do mar, já estão ocupados, então as espécies precisam encontrar uma forma de ocorrerem e se alimentarem, sem que haja uma verdadeira guerra!

Abrolhos#Cliona kicking coral assImagem 3: Esponja (laranja) perfurando de dentro para fora o coral cérebro (Mussismilia brasiliensis). Foto feita no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, Bahia.

Mas claro, também temos interações de competição como a desta imagem 3, onde esta espécie de esponja de um grupo específico (laranja, Cliona delitrix) só ocorre onde têm animais com esqueleto de carbonato de cálcio (muito parecido com o material que formam os nossos ossos), como este coral (Mussismilia braziliensis). A esponja para poder ocorrer nos ambientes, precisa perfurar os corais ou conchas de moluscos. Isso ocorre na fase de larva da esponja. Sim, as esponjas têm uma fase de larva!! Então, a esponjinha vai se desenvolvendo e dissolvendo esse cálcio, tornando-o disponível no ambiente e ajudando outros animais que precisam do cálcio para crescerem. A medida que vai crescendo, ela vai tomando conta do lugar onde estava o coral. Para o coral em si é muito ruim, mas essa liberação do cálcio é importante para o ambiente, então por favor, não vejam com maus olhos. Para que haja equilíbrio no ambiente, é importante que exista um pouco de caos.

Espero que tenham gostado!

Fiquem em paz!

joao_vi

Anúncios

Balneário Bella Torres

27/07/2016 § Deixe um comentário

Nossa Prainha querida!

Ao fundo a Praia de Torres, já no Estado do Rio Grande do Sul. Do lado de cá é Santa Catarina! O litoral, principalmente abaixo de Laguna, ou seja, de Laguna até o extreme sul no Chuí, o litoral é caracterizado por esta planície reta entre o mar e a restinga.

Prainha+Torrica#3

As únicas formações rochosas que tem neste caminho, aparecem ali em Torres. As únicas falésias nessa porção do litoral. De laguna “pra cima” (em direção ao norte do Brasil) a costa é toda recortada com baías que formam enseadas de mares calmos. Claro, no nordeste existem grande extensões sem morros nas praias, mas nada comparado aqui no Sul, onde a única fisionomia é essa, de uma grande reta. Como não existem recifes como quebra mar e nem costões para a existência de baías calmas, o mar é aberto com muito vento e ondas agitadas. Mas nem por isso deixa de ser belo e sim, torna-se uma beleza peculiar, ao qual somos apaixonados! Afinal, em todos esses cenários existe um astro maior, o MAR!

Mar PB

Por isso, quando você jogar qualquer coisa pelo sanitário ou ralo, saiba que o destino final de todos os dejetos, é o mar. Ele se junta ao mar através dos Rios. Os rios vão se unificando até a chagada ao mar, como o sangue que saí dos capilares, passando pelas vênulas e veias do nosso sistema circulatório, onde o destino final do sangue são os pulmões. A água percorre sempre do menor para o maior e o ponto final é o mar! Por isso que excesso de agrotóxicos, poluentes industriais e dejetos das residências influenciam os nossos oceanos e a saúde dos nossos mares.

Fiquem em Paz!

joao_vi

Orgulho da casa!

29/09/2011 § 5 Comentários

Vocês sabem que o João, o outro escritor deste blog e meu marido, curte muito fotografia. Eu gosto muito, mesmo, mas deixei essa minha paixão para somente hobby, enquanto que o João começou a levar mais a sério e começou a estudar (livros, conversar com outros fotógrafos, etc) e praticar que nem louco.

Pois tenho muito orgulho de escrever aqui que, dia 27 de setembro de 2011, João ganhou no I Prêmio de Fotografia – Ciência e Arte do CNPq, o 2º Lugar na Categoria 2: Ambiente Externo e Paisagem Natural: animais, plantas, fotomacrografia. A foto é esta acima, com o título: Esponjas marinhas do Sul do Brasil: Comportamento e Distribuição, Santa Catarina, Brasil.

Não é o máximo???? Foi uma super alegria e com certeza virão muitas fotos lindas e maravilhosas como esta acima!

Quer saber mais? Clica aqui, site do CNPq.

LOMO+

01/08/2011 § Deixe um comentário

Cozinha de uma loja no bairro San Telmo, Buenos Aires.

Olá pessoal!

Como estão todos? Então, como eu já havia escrito anterior somente sobre fotografia nos post Fotenhos e G10, deixo claro como eu gosto de fotos! Alguns meses atrás a Kelly olhando algumas coisas na internet, achou este site LOMOGRAPHY que conta a história da máquina analógica (de filme) Russa mais simples do mundo, a LOMO! O site é todo em português. Essa maquininha é tão simples o jogo de lentes dela, que as imagens capturadas apresentam distorções de cores e até da imagem, o que confere as fotos um charme incrível!

A LOMO foi criada em 1982 na extinta URSS e espaço com o tempo, mas o pessoal fã da maquininha resolveu que era hora de ressuscitar a criança! Elas podem ser adquiridas no site LOMOGRAPHY e o custo não é tão elevado assim. Algumas custam em torno de 100,00. Porém ela é de filme e toda mecânica, ou seja, é você quem tem que focar e em ambientes muito escuros, sem o flash, ela não captura a imagem com nitidez.

Para aqueles que ainda não tem a grana ou não tem vontade de se aventurar com uma maquininha de filme, existe um Apps para o Google Chrome, chamado de LOMO+ que é muito divertido!!! Têm 12 opções de resultados e é muito fácil de brincar com as imagens. Vejam os resultados nas fotinhos nossas pelo post. Vocês podem baixar AQUI. É fácil de mexer tb. Basicamente, é instalar o programa no GOOGLE CHROME, clicar sob a imagem de interesse com o botão DIREITO do mouse e escolher o modify in lomo+. Abrirá a página da LOMO+ e é só escolher a imagem. O resultado sendo o que vocês escolheram, clica no save image e na imagem pequena que aparecerá, novamente com o botão DIREITO, escolha a opção salvar como.

Prédio no bairro San Telmo, Buenos Aires.

O único inconveniente desse Apps, é que ele somente modifica as imagens em sites. Ainda não descobri como mexer no Facebook, mas tentem, é muito interessante!!

PS: As fotos são todas nossas.

Novos ares!

01/06/2011 § Deixe um comentário

Então pessoas desse Brasil! Bom dia!!

Gostaria de pedir, a vocês leitores, desculpas pelos poucos posts desde o nosso regresso! Mas estamos em fase final de mudança!!! Sim, desde que chegamos a Florianópolis estamos morando no Santinho e lá se vão 1 ano e meio aqui. Sabe quando chega aquele momento em que dizemos “chega!”, pois é, esse momento bateu em nossa porta a 3 semanas.

O Santinho tem uma das praias mais lindas do litoral brasileiro, sério! É lindo, a água sempre limpa, porém revôlta. E tem o maior Resort de praia do Brasil, o Costão do Santinho. Tirando isso, o bairro se torna um pouco instável. Infelizmente, vem muitas pessoas que não agregam qualidade. Sabe aqueles que vem só pra extrair do local e não agregar? Pois é, aqui é um pouco assim e as relações entre vizinhos se tornam muito complicadas, ainda mais quando se perde a possibilidade de diálogo pacífico.

Então, eis que surge o Rio Tavares, um bairro 30km mais próximo do centro do que o que morávamos e muito charmoso! Apesar de algumas ruas ou servidões (ruas sem saídas, muito característico da ilha) sem calçamento, as casas são muito bonitas e existe organização nas ruas. Mas o principal, nossos amigos todos moram por ali, o que nos fará mais integrado! Estamos muito contentes, apesar da casa ser um pouco menor, mas é novinha e ninguém morou lá ainda. Sim, moramos de aluguel! É muito interessante essa vida, pois temos maior mobilidade e mais escolhas. Claro, sempre há os dois lados. Para nós por hora esta ótimo!

Então…provavelmente, esse será o único post da semana. Ainda pretendo falar muuuito mais da Ilha e dos lugares bacanas pra ir! E principalmente, dos lugares legais pra mergulhar! Estou colocando umas fotinhos minhas para alegrar um pouco!

Abraço a todos!!!

Cavalo Marinho – Ilha do Campeche – Florianópolis

Peixe-Borboleta juvenil – Ilha do Xavier – Florianópolis


G10 debaixo dágua!

08/06/2010 § 2 Comentários

Olá Pessoas amadas!

Pois bem, eu havia prometido um post sobre as fotos subaquáticas com a G10. Eis que aqui estou trazendo algumas fotinhos do mundo marinho! Gente, essa máquina é 10! Tracadilhos à parte, realmente, ela é uma maquininha muito boa mesmo!

Como eu havia comentando aqui no post G10, ela é uma compacta, porém com funções de profissional. Realmente, ela tem uma porrada de ajustes, que eu ainda não mexi! Hehehe… Claro, que eu tive muitas dicas da Ké para imagens fora d’água e outras milhares com o João Paulo Cauduro Filho. Sim, as dicas foram imprescindíveis.

Mas como eu ia dizendo, a G10 é ótima porque tu podes controlar o nível do flash debaixo dágua. Só tem uma coisa que eu não curti muito, é o fato de tu não poderes controlar a velocidade e abertura do diafragma com a caixa estanque, assim tu tens que descer com os ajustes já feitos fora dágua e ajustar a potencia do flash na hora da foto. Tenho visto algumas fotos com flash de outras máquina compactas e o resultado não se compara ao da G10, pois tu pode ajustar a velocidade e assim fica mais difícil de tremer a imagem. E nas outras, há apenas o modo automático ou coisa parecida, então pra usar o flash dificulta um pouco.

Então fica a minha dica aqui! G10 na cabeça!!!

Flickr do John

18/12/2009 § 2 Comentários

John tá meio distante deste blog, não? Pois é… ele ainda nem atualizou o texto dele, por isso fui obrigada a tirar, já que dizia que ele gostaria de morar na praia e estava em Porto!!! Pelo menos, se realizou, não???

Pois no meio dessa mudança, troca de casa, troca de cidade e tudo mais, ele viajou à campo. Foi mergulhar na Ilha do Arvoredo à trabalho (ele falará no futuro sobre isso aqui) e foi testar pela primeira vez foto sub. Adorei o trabalho dele e para primeira saída, ele se saiu muitíssimo bem!!!!!!

A foto acima é dele, com direito à marca d’água e tudo!!!! Fiquei super orgulhosa!!!! Na foto, uma esponja marinha, Aplysina. Amarelona, lindona!

Quer ver mais fotos??? Entra no Flickr do João: flickr.com/photos/joaocarraro.

UPDATE: John atualizou o texto em tempo deste post entrar no ar.

Onde estou?

Você está navegando atualmente a Fotografias categoria em .