Coma doces

24/08/2016 § Deixe um comentário

IMG_0371

Desde que me conheço por gente como doces pela manhã. Meu café da manhã precisa ser doce, enquanto que minha janta precisa ser salgada. Esse último hábito adquiri morando sozinha. Mas o doce é desde sempre. Principalmente bolos, pães com geléia (chimia na realidade), sucos. Fico feliz comendo meu bolo todas as manhãs.

Vejo muitas pessoas querendo emagrecer, querendo uma receita milagrosa para perder sei lá quantos quilos. Ah, as dietas loucas, sem carboidrato, sem doce, sem nada! Claro que não vai dar certo. Para mim está muito claro isso. Restrição não leva à nada. Mas reeducação alimentar é completamente diferente. Entender o que faz bem para o organismo, diminuir a quantidade de alimento ingerido, trazer novos alimentos para o dia-a-dia, isso sim muda, e muda para sempre. E exercício, sempre exercício.

Mas voltando ao bolo no café da manhã, hoje reli uma reportagem da Super Interessante de 2012 justamente sobre comer doces pela manhã. O título da reportagem é: Quer emagrecer? Coma doces no café da manhã. Faço isso inconscientemente, mas sempre falei pra todo mundo sobre o metabolismo, que pela manhã trabalha muito mais rápido, por isso o melhor horário de comer doce ou algo mais pesado para o organismo!

Então, coma bolo de café da manhã e seja feliz!

Leia a reportagem aqui!

—- Foto do bolo de banana que João faz e é maravilhoso! —-

kelly_vi

Anúncios

Alimento

23/08/2016 § 5 Comentários


Canteiro_maior#2Olá pessoal, tudo na paz?! Espero que sim!!

Hoje saiu uma reportagem no site da BBC Brasil “Epidemia de câncer?” que mostra uma triste realidade nossa, o abuso de agrotóxicos. O Brasil é o país que mais utiliza agrotóxico no mundo. SIM! É um saco isso, pois estamos falando de alimento!! Não estamos falando de carros de luxo ou caviar, onde uma minoria tem acesso. Estamos falando do alimento de todo o dia, aquele que mata a fome de milhares de pessoas!! Aquela comidinha que é muito complicado de evitar e tu não espera que ela seja um poço de veneno. Mas pelo visto não é só a fome que a comida mata atualmente!

Essa equação é muito complicada de ser solucionada, pois abraçamos a Monsanto de tal forma que eles estão arraigados em nossos solos que não será fácil se ver livre deles. Até bem pouco tempo a indústria de alimento que utilizasse qualquer item com organismos modificados geneticamente deveriam trazer em seus rótulos o símbolo de Transgênico. O lobby foi tão grande que hoje não é mais necessário informar sobre a presença de transgênicos nos rótulos, um retrocesso que eu não me conformo e as pessoas não deveriam se conformar também! Mas como a nossa mídia é uma beleza e não é nem um  pouco isenta, a desinformação das pessoas é algo estrondoso.

Assistindo ao documentário “GMO OMG”, eles comentam que os produtores que comprarem as sementes da Mão-Santa, ficam obrigados a utilizar os agrotóxicos da empresa. Então o furo é muito mais embaixo! E claro, como mostra na reportagem da BBC Brasil, a Mão-Santa fica divulgando dados imprecisos e jogando com as pessoas. Mas o fato é, existe uma epidemia de Câncer em cidades produtoras rurais e que abusam dos agrotóxicos. A própria Anvisa liberou uma lista com os principais alimentos com contaminação por agrotóxico, vocês podem acessar o link AQUI.

A indústria mudou muito nas últimas décadas, tornando grandes conglomerados onipresentes. Todo conglomerado tem o seu grupo de acionistas, que nada mais são do que uma espécie de sanguessugas, onde sugam o lucro da empresa. Caso o corpo de diretores não funcione como o esperado, ter os famosos superávits trimestrais parrudos (sim, o lucro não é mais anual e sim, trimestral), os acionistas se reúnem e trocam o CEO, Presidente ou seja quem for! Obviamente a galera nova fará tudo como manda o figurino escolhido pelos acionistas. Assim, vemos essas notícias serem cada vez mais frequentes, como as epidemias de câncer, desmatamento, mudança climática, poluição de rios e por aí vai. Estas empresas investem pesado em marketing e lobby para que os tomadores de decisão façam o que querem e nisso, foda-se a população, foda-se o ambiente. Sério!!!

Frente à toda essa loucura, eu e a Kelly temos tomados decisões baseadas em nossa saúde, bem estar e ideologia de vida. Com o passar dos anos mudamos muito a nossa forma de nos relacionarmos com a comida. Nós fazemos tudo, ou melhor, quase tudo!! Desde o pão e bolo de todo o dia até a massa da pizza. Ainda não estou fazendo espaguete, mas logo logo quem sabe não começamos?! A nossa mudança teve vários fatores, os dois principais foram os agentes da mudança: primeiro porque tudo é caro e segundo, porque não sabemos a procedência das coisas. E nessa vibe de fazer tudo em casa descobrimos que nós economizamos muito mais com comida!! Como somos vegetarianos, o gasto com alimento cai absurdamente, pois o preço da carne é um horror (isso que os caras metem porcaria pros bichos crescerem mais rápido e confinam cada vez mais animais por metro quadrado para aumentar a produtividade)! Por isso eu não entendo o preço da proteína animal ser tão elevada. Gente, não somos ricos, estamos longe disso, mas somos organizados e seguimos o nosso plano à risca, então assim podemos comprar várias coisas orgânicas e usufruir desses alimentos. Quando não compramos orgânicos, vamos em feiras de produtores locais ou próximos da região, onde o alimento tende de melhor qualidade.

Mas uma das coisas que realmente mudou em nossas vidas atualmente foi a possibilidade de termos a nossa horta!! Vejam nossos brócolis e couve-flor crescendo! Galera, leiam sobre o movimento slow food. Vamos ficar atentos, não precisamos correr tanto. Repensem em suas atitudes, sim elas terão impacto em vossas vidas. Não adianta pensar como se não houvesse amanhã, pois provavelmente o amanhã não será animador e ele estará lá te cobrando, então vamos refletir de como andam as coisas em nosso mundo. Não é fácil, eu sei! Estamos nessa jornada à 12 anos e o mais lindo, é que estamos sempre aprendendo e nos transformando! Ah, pode-se mesclar as coisas, não precisa ser 100% orgânico, mas tentem mudar naquele produto que vocês mais utilizam em vosso dia. Vejam se dá pra fazer a comida em casa, nem que seja duas vezes por semana, já é melhor garanto! O fato é, as coisas não mudam se nós não nos esforçarmos. Acreditamos em tanta bobagem e dito popular, que no fim as pessoas podem levar uma vida completamente diferente daquela que elas haviam pensando. Vamos lá, vamos pegar a porra das rédeas e vamos ter o controle de nossa rotina! Esqueçam controle total!! nunca teremos o controle total isso é fato, mas devemos controlar aquilo que é o mais importante, a alimentação! Afinal, somos o que comemos!

 

joao_vi

O Caminho Inverso

10/08/2016 § Deixe um comentário

Essa semana li uma reportagem de certa forma preocupante, mas ao mesmo tempo inquietante. O escritor norte americano Richard Louv escreveu em um livro sobre a geração de hoje e declara que ela é alienada da natureza e isso está trazendo problemas em todas as esferas da humanidade. Pois bem. Eu enxergo exatamente isso na sociedade em que vivemos. Uma alienação à tudo e todos, o individualismo, a procura pelo poder e pelo dinheiro à todo custo, à uma busca incessante pela felicidade plena, mesmo que ela não exista.

IMG_0112

Por um outro lado, vejo um recuo de todo esse pensamento. Mesmo que sejam menos indivíduos pensantes que o façam, existe um crescimento por uma mudança, por uma realidade mais viva, mais cheia de graça, dando assim uma forma muito mais orgânica da nossa vida. Muitos estão se dando conta do que estamos vivendo e sabem que se não fizermos algo agora, o futuro será deprimente, escuro e sem sentido. Os movimentos SLOW (fashion, food, etc) trazem esse novo pensamento: o que estamos fazendo? O que estamos comendo? O que estamos consumindo? Faz sentido tudo isso? Onde chegaremos com o consumo exagerado?

Pois bem. Por mais que muitas pessoas estão se distanciando da real natureza do ser humano e tendo problemas físicos e emocionais, outras estão abraçando o novo mundo. O novo mundo nada mais é do que a desacelaração, a análise de vida, a mudança de comportamento. Aí é que falo do caminho inverso. Estamos indo contra a maré, contra o que nossos avós e nossos pais compactuavam e até hoje acreditam. A busca por uma vida com sentido, mais democrática e livre é o caminho que muitos estão buscando, inclusive quem vos escreve.

O caminho inverso pode ser mais difícil em algumas etapas, a mudança sempre traz muitos questionamentos. Mas algo é certo, faz todo o sentido na vida esse caminho. Enquanto está vivendo ele, essa quebra de paradigmas mostra um futuro muito mais promissor e muito mais livre. Pense nisso: desacelerar, viver com menos, esse é o caminho.

kelly_vi

Bom Senso por você anda?!

23/07/2016 § Deixe um comentário

Olá pessoal, tudo na paz?

Como já escrevemos antes, moramos em um balneário com 180 pessoas e no inverno a prainha fica fantasmagórica. A casa do lado da nossa está a venda, então se antes ninguém vinha, agora mesmo que não tem ninguém. Às vezes aparece a moça que cuida do jardim, mas ela nós conhecemos. hoje, uns poucos minutos atrás, nossos cachorrinhos começaram a latir para o vizinho, mas eu sei que a moça não aparece no final de semana, então fui ver o que eles latiam com tanto afinco e vi uma moça no muro da casa vizinha ao nosso vizinho e não dei bola, pois a casa de lá também está a venda e como não tem portão nem nada as pessoas entram com frequência para bisbilhotar, o que sou contra, mas eis que vi um sujeito no pátio do nosso vizinho que tem portão e estava fechado.

Obviamente indaguei o sujeito e ele me disse que estava olhando a casa, aí eu não me aguentei e disse: “mas tu tens que pular o muro para olhar”. A casa do vizinho tem uma cerca de tela e a pessoa pode muito bem olhar do lado de fora que se tem uma visão completa. Quando o indaguei, o sujeito ficou brabo comigo, como se o que ele estivesse fazendo não tinha problema algum!! Eu fique perplexo! Poxa, como assim? Cadê o bom senso?! Não pode ser do jeito “quero ver, logo invado a propriedade de outro sem o menor constrangimento”, fala sério!? Falei com calma e disse que eu tava cumprindo com o meu papel de vizinho, já que vi um estranho andando bem belo no pátio. Ele ficou dizendo que morava na esquina da nossa rua, mas honestamente, foda-se! Não me importa, pois eu não conheço a pessoa e ela está dentro de uma propriedade privada!! Mas o sujeito continuou ofendido comigo…bom, virei as costas e deixei-o falando sozinho. Poxa, tudo tem limite. Claro que quando eu fui ver, o querido havia zarpado fora! Interessante, não? Foi só chamar a atenção para a coisa errado que o camarada saiu.

Assim, aproveito esse acontecimento para externar uma coisa que a muito nos incomoda. E é esse o grande mal de nós brasileiros. Está faltando o bom senso!! A educação e o respeito pelos outros. Eu não sei o que foi que aconteceu, mas cada vez cresce mais esse tipo de atitude do “eu quero, logo posso e que se foda o do lado”. Gente, em muitos países civilizados, onde as pessoas entendem o que é uma sociedade e o papel das pessoas, nesses locais não se toleram esse tipo de atitude e repreendem sem constrangimento algum o sujeito que está em desconformidade com a regras de sociedade. Aqui se tu chama a atenção de alguém que tá fazendo merda, tu és o estressado ou encrenqueiro ou o intolerante ou o que tu quiseres mais. Nunca ninguém repreende a pessoa que fura a fila ou é mal educada ou que pega o caixa eletrônico para si, esquecendo da fila quilométrica ou estaciona na vaga de dois carros e tantos outros exemplos. Todos ficam caladinhos e recriminando com olhares aquele que chama a atenção do sem-noção. Poxa até quando? Não são os políticos que devem organizar a sociedade e, sim, nós cidadãos que temos que fazer acontecer. Senão os políticos continuarão roubando e rindo de nós, pois nós não estamos organizados e vigilantes. Não adianta nada afastar deputados ou senadores, se os mesmos continuam gozando das benesses do dinheiro roubado e as pessoas babando o ovo dessa gente.

Por isso a pergunta, BOM SENSO POR ONDE VOCÊ ANDA?? Simples, as coisas começam de cima para baixo e não o contrário. Porque se é de cima que vêm as ordens de como devemos viver, isso se chama ditadura! Vamos lutar nós nas pequenas coisas do dia-a-dia. Não temos como combater pessoas armadas, mas podemos e devemos combater os espertos que levam vantagem no detalhe. Se ficarmos quietos, nunca aprenderemos a fazer a diferença e principalmente, nunca seremos respeitados!

Fiquem em paz!! E se façam respeitar!

 

Tenho um cachorro. E agora?

09/06/2015 § 2 Comentários

cachorro_agoraAté os dezessete anos morava com meus pais. Nesses anos todos, sempre tivemos muitos cachorros, das diferentes raças e tamanhos. Mas não quer dizer que eu sabia cuidar 100% deles, já que até essa idade, tinha a base de casa para tais cuidados.

Aos 24 anos, já casada com João, estávamos andando na praia com uns amigos e uma cachorrinha muito bonitinha nos acompanhou da rua até nossa casa. Quando vimos, ela já estava dentro da casa, deitadinha de bolinha, em uma poltrona pequenina. Saímos da casa e fomos conversar, pois se tínhamos a deixado entrar, teríamos que saber o que fazer com essa pequena criatura. Foi ali, sem muita demora, que chegamos a conclusão que deveríamos adotar essa filhotinha de vira-lata. Assim começou um novo capítulo das nossas vidas e não imaginávamos o quanto iria mudar tudo!

Então, pensando no que já passamos, pensei em escrever um post sobre quem nunca teve um cachorrinho e não sabe o que fazer. Depois de adotar cinco cachorros e testar de tudo, vou facilitar com algumas dicas que acho muito importante dividir com todos!

1. Está com um cachorrinho, filhote ou adulto, o que fazer? O que sempre fazemos, em primeiro lugar, é dar um banho com shampoo apropriado para cachorros. Prefiro um shampoo simples, passo duas vezes e depois seco com toalha e secador. No banho, se preferir, coloque antes do banho algodão nas orelhas, para não molhar.

2. Com o cachorrinho limpo, vou a um médico veterinário para analisar a qualidade da saúde, se tem pulgas, carrapatos, se está bem, qual a idade que tem. Esse último para adotados que não conhecemos sua historia. No nosso caso, nunca soubemos o histórico dos nossos cachorros. Na clínica, vemos se está subnutrido ou não, e, se está ok, tomam as vacinas. Anualmente os cachorros tomam duas vacinas, V10 e da raiva. Hoje em dia existem muitos trabalhos mostrando que não necessariamente precisaríamos dar tantas vacinas, mas acabamos sempre dando essas duas para eles e nenhuma mais.

3. Após ter dado um bom banho e ido ao médico veterinário, é bom escolher a forma de alimentação que está disposto a dar para o animal. Existem rações de diversos preços, e, obviamente, diversas qualidades. Nós sempre optamos por ração de ótima qualidade. Se tiver disposto, o melhor seria dar alimentação natural. Infelizmente, tentamos dar para nossos peludos e alguns não se adaptaram ao alimento natural mesmo e tivemos que voltar para a ração. Se tiverem interesse sobre a alimentação natural, no site Cachorro Verde existe toda a informação necessária. É o site mais completo sobre o assunto e vale a pena dar uma lida com calma em todo o conteudo.

4. Seu cachorrinho vai dormir dentro de casa? Então veja uma cama que tenha aberturas para tirar as almofadas internas. Isso facilita 100% a limpeza. Já tivemos todos os tipos de camas e posso garantir que essas com aberturas são as melhores que existem.

4. Quantos banhos dar no peludo? Aqui em casa no máximo uma vez por mês. Com um diferencial, escovamos algumas vezes por semana eles. Com o tempo achamos a melhor escova, no Brasil é mais cara, mas vale muito a pena: Furminator. Com essa escova só é necessário escovar duas vezes por semana cada bichinho, e é incrível a quantidade de pelos e sujeira que sai deles! Se eu tivesse tido desde o início essa escova, nossa, como mudaria nossas vidas! Juro!

5. Diversão? Isso tudo depende do seu cachorrinho, se ele destrói muitas coisas, se tem muita ou pouca energia. A diversão que a maioria mais gosta é passear, com certeza. Aqui em casa temos bolinhas e ossos de nylon (já falei aqui deles), já que limpam os dentes, retiram o tártaro e fazem a alegria deles!

E agora? Dê atenção e carinho. No final das contas, o que eles mais querem é serem amados e amar e terem alimento. Lembrem-se, eles fazem parte da família, sentem sentimentos como humanos (já existem muitos trabalhos científicos comprovando isso). Se não tiverem tempo ou prazer de estar com um animal de estimação, NÃO TENHA.

Seja um tutor responsável, somente adote se tiver certeza que poderás dar uma vida com qualidade para o peludinho!

kelly_vi

Libertação, ainda que modesta!

16/03/2012 § 4 Comentários

E ae pessoal! Tudo bem com todos!?

Eu havia escrito aqui, que eu pretendia relaxar e ser menos negativo, né? Então, depois de ler notícias muito tristes à respeito do nosso querido Brasil, resolvi que mudanças radicais eram necessárias e eu revolucionei! (1) Acabei de cancelar a minha conta no Facebook!!!!!! Aquilo estava me intoxicando aos poucos com todas aquelas campanhas em que as pessoas apenas replicam, mas não tiram a bunda da frente do computador para fazer alguma coisa; (2) não lerei mais notícias, assim como eliminamos a televisão de nossas vidas, farei com qualquer revista ou site que tragam notícias sobre roubalheiras, hipocrisias, assaltos ou BBB’s que colocam silicones! Eu sei que isso existe, mas eu não preciso ler todos os dias e me aborrecer com isso! Afinal, não sei como mudar a situação e quando converso com aqueles que pensam como eu, eles também não sabem como mudar, então decidi que eu precisava mudar em relação a fatos que eu não controlo! No fim o que está feito, está feito e não tem choro nem vela! O que eu não sei, não existe! Simples assim…eu tenho certeza que não lendo mais essas coisas me tornarei uma pessoa muito melhor com os outros! Ficarei apenas no blog, lerei sobre coisas que me interessam profissionalmente e pelos meus hobbies!

Essas decisões foram importantes, pois não consigo relaxar frente a tamanha barbaridade que os nossos políticos fazem e como as pessoas estão cagando e andando pra tudo isso! Por mais que algumas coisas aconteçam nas redes sociais, ainda sim a letargia impera. Se eu e a Ké  não fizéssemos porra nenhuma poderiam me chamar de alienado, mas como procuramos agir conforme nossos princípios, então não vai ser um meio de manipulação em massa que me dirá o que fazer e nem tolerarei que outros apontem o dedo inquisidor! Que olhem para o próprio rabo antes de acusar! Saca?

Outra, quero ler livros, pegá-los na mão, sentir o cheiro das páginas, ficar no gramado com os nossos dogs, sentir o vento no rosto, caminhar até a lagoa aqui perto de casa, ou seja, aproveitar as pequenas coisas que dão sentido à vida! Não quero olhar para trás e ver que eu fiquei 70% da minha vida na frente de uma caixa com luz! E é o que acontece, tem um mundo ali do lado, mas estamos presos em cubículos ou pequenos quartos alucinados escrevendo nas páginas de alguém e que somos incapazes de ligar para ouvir a voz desse alguém! Passamos tempos preciosos lendo ou falando mal de algo e a vida vai passando sem avisos!

Obviamente não estou dizendo que não trabalharei mais, mas bem pelo contrário, será justamente para produzir um pouco mais que eu farei essas pausas longe dessa máquina diabólica! Somente alcançando os meus objetivos pessoais que eu poderei fazer a diferença na vida das pessoas e de outros bichinhos…aqui na frente dessa merda, nada acontece senão apenas impulsos elétricos que vão de um lado para outro, enquanto meia dúzia de caras usam essa informação para me vender mais produtos. Nãããoooo, chegaa!

Espero que do fundo do meu coração as pessoas comecem a seguir um pouco mais os seus sentidos! Todos nós temos os sentidos aguçados, que ao passar do tempo em nome de alguma coisa que nos foi imposta, perdemos a capacidade de “escutá-lo”. Por favor, não percam a capacidade de escutar os vossos sentidos, que vos são importantes em uma vida mais feliz e menos ordinária!

Abraço à todos!

Fique atento

25/01/2012 § Deixe um comentário

Pois é, quem lê o nosso blog há algum tempo sabe que somos a favor de uma vida com menos influência possível do sistema. Em todos os nossos posts sempre deixamos alguma mensagem de que é possível ser feliz sem as pressões que nos são impostas pela mídia. Eu sempre escrevi sobre a existência de um sistema opressor, onde somos meras formiguinhas operárias e que respondemos a estímulos externos que nem ratinhos de laboratório. Tudo isso sob o controle ditatorial da imprensa, propagandas, novelas e assim por diante. Parece que quando a gente nasce, recebemos um protocolo de afazeres, em que temos que cumprí-lo rigorosamente sem tempo para respirar…e ai daqueles que saem um pouco da linha, são massacrados em praça pública sob todos os pseudônimos possíveis!

Por que digo tudo isso? Pois ficamos sabendo sobre o ACTA (Anti-Counterfeiting Trade Agreement) ou seja, um acordo entre países e empresas, que está sendo discutido sob forma sigilosa, para criarem uma maneira de conter a “pirataria” e “falsificação”. Infelizmente, tenho visto que para criarem leis e tomarem medidas drásticas, os poderosos criam desculpas para tudo. Porém essa ACTA vai além! Fará com que os servidores de internet sejam responsabilizados por tudo que é publicado na internet e, claro, que proibiram conteúdos que eles julguem “ferir” a propriedade intelectual! Eu realmente não duvidaria da proibição de certos emails! Assista o video acima contra o ACTA. Quem quiser ler mais, podem acessar o site STOP ACTA (basta clicar na palavra).

Então gente, vamos ficar atentos, pois corremos o risco de sermos cada vez mais “escravizados” em nome de uma vida com “prazeres”, mas que nós nunca poderemos ter, pois o objetivo final é apenas o dinheiro!

Say NO to ACTA.

Onde estou?

Você está navegando atualmente a Conscientização categoria em .