Nas pequenas coisas da vida

25/09/2015 § 3 Comentários

Olá Pessoal, tudo bem com vocês? Faz tempo mesmo que eu não apareço!! Nem perderei meu tempo e principalmente o de vocês dizendo que estou de volta. Na verdade nunca abandonamos o blog, sempre demos uma olhadinha e uma escrevidinha aqui e ali. Mas ele sempre esteve presente, justamente como uma forma de válvula de escape quando as coisas não estivessem bem. Pois é, as coisas não estão bem com o nosso Brasilzão, né?! Nossa, lendo os principais sites de notícias chega a dar um desespero de tanta notícia triste. Estamos vendo a escalada da violência, corrupção e falta de solidariedade entre nós cidadãos!!

Mas bem, vamos deixar de lado momentaneamente essas angústias da vida…todos sabem que eu e a Kelly curtimos horrores fotografia. Olhando as fotinhos de alguns moradores do jardim aqui de casa, eu comecei a refletir sobre a beleza e sutileza da natureza. Eis que surgiu uma vontade muito grande de compartilhar e principalmente de refletir sobre a beleza nas pequenas coisas e como essas belezas geralmente estão muito mais próximas do que se imagina! Para percebermos esses pequenos momentos, não precisamos de grandes viagens ou gastos de dinheiro, basta um olhar um pouco mais atento a um vaso ou no jardim naquele canto mais escondido. Pode ser também aquele movimento do seu filho(a), marido, esposa, cachorro, gato, papagaio, pássaros na janela! Ou seja, qualquer coisa que te deixe em um estado de paz. Para sentirmos esta paz, também não é preciso fazer yoga ou ler livro!! Todos nós somos capazes de termos aquela sensação honesta de bem estar, mas que vamos perdendo com o tempo, sempre em busca de algo maior e grandioso! Eu acho que as pequenas sensações são poderosas! Tem aquele ditado que diz “a galinha de grão em grão, enche o papo”. Vamos buscar os nossos grãozinhos!!!

Flor da Azedinha.

joao_vi

Anúncios

Marcado:, , , , , ,

§ 3 Respostas para Nas pequenas coisas da vida

  • Concordo totalmente! As vezes me emociono vendo a perfeição de coisas que quase sempre passam despercebidas como a força regeneradora das plantas – que às vezes parecem mortas e depois de bem regadas retomam a sua forma como se nada tivesse acontecido -, ou a beleza de um repolho roxo cortado ao meio com aquelas linhas brancas e roxas perfeitamente alternadas formando desenhos assimétricos… tudo tão simples e tão lindo 🙂

    • Joao Luis disse:

      Isso aí Vivi! Essa atitude faz com que a nossa rotina seja mais prazerosa e leve! Afinal, não são todos os dias que grandes acontecimentos ocorrem.

  • Helga disse:

    Concordo com você. E uma das coisas boas da vida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Nas pequenas coisas da vida no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: