Novo Código Florestal

25/05/2011 § 2 Comentários

Bom dia!

Bom, dando continuidade aos posts contra as medidas desmedidas do nosso governo, abordarei o novo Código Florestal, apesar de ser biólogo marinho.

Nosso querido governo, mais precisamente, nossos amadíssimos deputados federais aprovaram ontem o novo Código Florestal, que prevê o fim da Reserva Legal (área de mata nativa que não pode ser desmatada dentro das propriedades) em pequenas propriedades. O governo federal tem dado posse a inúmeras pequenas propriedades rurais e esse número tende a aumentar. Estima-se que a área total será do tamanho do ACRE! Além disso, estão para liberar o cultivo em encostas de morros e nos topos. Se já não respeitavam antes, imaginem agora! Diminuirão as áreas em mata ciliares (mata nativa que protege o leito de Rios e Nascentes) de 30 metros para 15. Essas matas ainda poderiam ser consideradas como corredores ecológios, onde as espécies poderiam se deslocar, principalmente aquelas que apresentam grandes deslocamentos diários. Se já era insuficiente 30m, imaginem 15! A área fica muito exposta, o que afugenta os animais. Claro, sem falar em risco de enchentes e assoreamento dos rios e corpos d’água. E será que já não caiu barranco suficiente??

Fonte: G1

Pra mim, isso tudo é tão claro. Com essas medidas se colocam anos de pesquisa de gente séria no lixo. Abaixo colocarei alguns trechos de um manifesto elaborado por Pró-Reitores no Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras:

“Um país que apenas no último século já destruiu mais de 95% da mata atlântica, mais de 80% do cerrado e cerradão brasileiro, além de aproximadamente 20% da floresta amazônica, não pode colocar mais nenhum m2 da nossa diversidade biológica em risco. A possível destruição dos remanescentes de florestas aumenta os riscos de crise nos ricos ecossistemas brasileiros, ameaçando o maior patrimônio de água doce do mundo, aumentando o CO2 da atmosfera, contribuindo para a aceleração das mudanças climáticas, para o desequilíbrio da biodiversidade, ameaçando todas as formas de vida de nosso planeta, inclusive as reservas que se constituem no habitat de povos cuja origem local remonta a mais de 30 milhões de anos presentes em nosso território.”

Bom, só posso dizer que devemos nos acostumar com o clima um pouco mais tenso e um pouco mais de enchentes. Mas isso para esses deputados não importa muito. Afinal, nunca soube de carro de político que tenha sido levado pela chuva ou perda dos móveis pela subida da água.

Mais uma do nosso governo!

Abraço a todos!

Anúncios

Copa, será?

24/05/2011 § 2 Comentários

Fala Pessoas do nosso Brasil! Tudo na santa paz do Divino?

Então, espero ter voltado com a corda toda!!!

Hoje iniciarei uma série de posts sobre a minha indignação a respeito da sonolência e falta de atitude por parte de nós, a população brasileira. Sou brasileiro e tenho orgulho, mas não acredito que ignorância, falta de estudo e educação sejam a nossa vocação. No fim, a nossa falta de reação cria esse ar de impunidade.

O post anterior da Ké foi brilhante, comentando sobre a falta de união em prol do benefício mútuo. Por favor, não interpretem isso como comunismo ou qualquer outro rótulo. No fim, somos animais sociais e não ilhas para se viver solitários! Precisamos um dos outros! Senão, as redes sociais seriam um fracasso!

Estou acompanhando um blog do grupo RBS, triste, mas é verdade: O blog Boletim Copa 2014. Hoje, lendo notícias anteriores, eu fiquei estarrecido com a informação que a Infraero desconsiderou totalmente o estudo do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) sobre a qualidade dos nossos aeroportos. A coisa foi tão sem noção, que a Infraero mudou as regras do jogo e os aeroportos que no estudo são considerados em “Situação Preocupante” passaram para “Situação Adequada”. Assim, evita-se as reformas para a Copa, pois não há mais tempo.

No estudo do IPEA, eles comentam que em 2009 os aeroportos em situação Adequada eram 4 e que em 2010 passaram para apenas 3. E o pior, no mesmo período os aeroportos em situação Crítica passaram de 11 para 14! Isso em apenas um ano! Imagina até a copa que serão mais 3 anos sem nada ou quase nada de solução!!!

Fonte: Terra Gaúcha

Eu era a favor da Copa, pois acreditava que o país melhoraria a infraestrutura e que o pensamento também mudaria para melhor. Infelizmente, estou vendo que a coisa será mais uma vez feita no “jeitinho” brasileiro. E a população não terá as melhorias nas cidades, tão importantes para o caos em que vivemos!

É, se não fizermos nada, as coisas continuarão do mesmo jeito e não importa o que os órgãos internacionais digam! Acho que a coisa é feita de baixo para cima. E vcs?

O recomeço

23/05/2011 § 1 comentário

Sou formada em publicidade e propaganda e meu projeto de especialização foi baseado em design sustentável. Tenho uma empresa de design (web e gráfico) e comecei minha carreira justamente na área da natureza. João, meu marido e outro escritor deste blog, formado em biologia, está fazendo doutorado em ecologia marinha com foco em esponjas marinhas. Nosso universo de pesquisa é muito grande e graças a isso temos muitas perguntas, muitas questões a serem entendidas. Filosofamos muito e precisamos ter uma noção mais profunda do que nos cerca. E foi por isso que criamos este blog, o Vida Insólita, para mostrar de forma clara e simples as nossas angústias, nossas ideias, nossas filosofias.

Aqui escrevemos de tudo um pouco. Queremos trazer para perto dos leitores essas nossas dúvidas, como também trazer ideias legais para a vida. Por isso escrevemos desde decoração à natureza, política aos filmes, consumo ao não consumo, etc.

Depois de um logo tempo de recesso (paramos de escrever em dezembro de 2010), agora estamos voltando com tudo. Estamos com muitas ideias para abordar aqui e gostaríamos da ajuda de todos para fazermos deste um mundo melhor. Um mundo onde os seres pensantes fazem realmente a diferença e não ficam somente sentados em suas cadeiras na frente da televisão resmungando algo, mas fazendo realmente nada. Queremos que todos comecem a pensar, analisar, criticar, ter suas próprias ideias, questionar esse mundo que cada vez está mais egoista e individualista, onde o coletivo acabou por ser banido, ou quase.

Devo dizer que este nosso retorno se deve a um filme que vimos neste final de semana. Um filme que mostra a dura realidade de mulheres trabalhadoras e qualificadas querendo ter igualdade salarial em uma empresa da Ford na Inglaterra. Uma historia real que nos faz lembrar que à pouco tempo, em 1968, mulheres saíram às ruas para protestar pelos direitos de igualdade, pelo direito de ser alguém e hoje parece que a nossa sociedade esqueceu de tudo isso, está sofrendo de amnésia coletiva. Fiquei extremamente emocionada com toda essa historia e lembrei de como devemos muito à essas mulheres, corajosas, que acreditavam em um ideal e foram à luta. Lembrei que hoje ninguém mais está querendo se mobilizar para nada, nossa política no nosso país está de mal a pior, pagamos impostos elevadíssimos e não recebemos quase nada em troca, moramos na nossa insegurança, pagamos para ficarmos calados e vivermos nossa vida.

Nossa vida. Questão importante. A tua vida, a minha vida, está implicada na vida do outro. O que eu faço pode mudar a vida de outra pessoa. Pode não, acontece de fato. O nosso comportamento, o nosso ar que respiramos, a nossa energia acaba por ser somente uma, porque tudo o que fazemos respinga em todos os outros habitantes desse planeta. Então porque estamos tão individualistas, querendo viver somente nossa vidinha, sem nos preocuparmos com o TODO?

Vamos pensar sobre isso?

Antes de tudo, vejam o filme: Made in Dagenham (As Mulheres de Dagenham). Acho que está mais que na hora (um pouco atrasado) de cada um saber seu lugar no mundo. E saber que estamos aqui para sermos melhores. Não estamos aqui para termos melhores coisas e nos trancafiarmos em casa e viver no nosso cubículo. A vida é muito, muito, muito mais que isso.

Recomeço!

22/05/2011 § 1 comentário

Olá pessoas!!!

É com muita felicidade no coração que decidimos voltar com o blog! Na verdade precisamos dessa parada…organizar a vida, os pensamentos e ver o que realmente era importante! Então, vimos que o blog é uma parte importante das nossas vidas! Nossa maior válvula de escape!! Facebook, pra mim, perdeu o sentido…sei lá, virou um Orkut com mais pessoas, então percebi que, realmente, o blog fazia a diferença!

Muito obrigado pelo carinho daqueles que nos incentivaram o nosso retorno! Assim, vimos que têm muitas pessoas que pensam como a gente! Então, aqui estamos nós! Depois a Kelly escreverá!

Grande abraço cheio de alegria para todos!!!

Onde estou?

Você está atualmente visualizando os arquivos para maio, 2011 em .