Para brilhar os olhos

29/10/2010 § Deixe um comentário

Além de gostar de embalagens para decoração, também aprecio muito embalagens para dar aquele brilho nos nossos olhos, aquelas embalagens desenvolvidas com um projeto bem delineado, bem executado. Algumas simplesmente vão ao desencontro da sustentabilidade. Sim, porque muitas embalagens não mantem um ciclo de vida em nossas mãos. Simplesmente servem para o transporte adequado. Mas outras conseguem manter esse ciclo, principalmente no quesito decoração. Outras também mantemos para nossa organização.

As imagens abaixo são de diversas embalagens, das mais variadas áreas. Todas me inspiram, tanto somente pelo visual, como pela decoração ou pelo projeto em si.

Embalagens para lâmpadas desenvolvido por Fastway, da Rússia. As cores das embalagens indicam: frio, quente e neutro, de acordo com a temperatura e a cor de cada uma. Projetos assim me agradam ao cubo, pois são simples, diretos, comunicam rápido de forma clara.  Lovely Package.

Vocês já comeram o chocolate Refeição da Neugebauer? Bom, quem nunca comeu, é um chocolate pequeno, como esse acima. Vem ou vinha (nunca mais vi) com seis unidades no pacote. Sempre amei esse chocolate. Quando vi esse projeto da Alice Chocolate da Suíça, lembrei na hora do chocolate Refeição. Parece que esse projeto acima poderia ser a versão mais moderna do Refeição. Achei lindo. E simples. Lovely Package.

Embalagens para Kora, produtos para cuidados da pele. A simplicidade de embalagens é o que sempre me chama a atenção. O simples com o clean, o conteúdo sendo informado diretamente. Vou sempre repetir isso, mas para mim é a melhor forma de se fazer design. Desenvolvido por Jane Abma da Austrália. Lovely Package.

Projeto desenvolvido por Sarah Cespedes. Estampa no rótulo, indicando cada produto do seu interior. Achei lindo. Cargo collective.com/sarah_cespedes.

Chronicle é um Gim, seu consumidor um homem entre 25 e 40 anos. Desenhado por Surya Prasetya da Austrália. E quer saber? Gostaria de ter pra caramba essa embalagem. Linda, linda. Depois de algum tempo que vi que era gim. Lembra muito embalagens de remédios de antigamente não? Eu acho. Design Package.

Frescuras à parte, essas embalagens de água são lindas, não? Frescuras porque acho essa ideia de água ter um sabor, refrescância ou o que quiser dizer, um pouco bobagem. Água para mim é água, que deveria ser inodora, incolor e insípida. Isso de colocar sabor simplesmente não entendo. Mas voltando ao design, curto, curto muito. Projeto de Neumeister, do país mais minimalista: Suécia. Design Package.

Louche. Quando vi primeiramente achei que era um projeto de garrafa de leite. Mero engano. É um projeto fictício, feito por um aluno para absinto. Hum. Pra mim continua sendo leite. Desenvolvido por Holly Canham da  Austrália. Lovely Package.

Paninhos diferentes

28/10/2010 § Deixe um comentário

Tem certas coisas que a gente nem se liga. Ou nem sabemos o que fazer. Eis o caso dos paninhos, esponjas e etc que usamos para limpar a cozinha. Sempre encrenquei com eles. Sempre. Os paninhos que o João arruma sempre são terríveis e dão um ar de descuido total. E como eu não vou atrás disso, só fico com as esponjinhas clássicas amarelas e verdes. Mas dia desses, aliás, no dia que encontrei o blog Chez Larsson, encontrei esse faça você mesmo super estiloso.

Pausa somente para falar do blog Chez Larsson. Maravilhoso. Benita, quem escreve no blog, tem um bom gosto incrível e a arte do faça você mesmo na veia. Vale a pena olhar todas as páginas, com imagens ótimas, inglês perfeito e um olhar nórdico bem diferente do que costumamos ver. Super show.

Voltando ao paninho. Sabem aqueles que compramos no supermercado, fininhos, de uma cor só? Pois então. Benita mostra como podemos fazer uma decoração bacana com pouquíssimo material. Na realidade uma caneta faz a diferença: caneta para tecido. Pegar um desenho legal, nem que sejam listras, traços simples e fazer uma estampa em um dos lados. Simplíssimo. Lindo.

Imagens e ideia de Chez Larsson.

A dica é se mexer!

27/10/2010 § 2 Comentários

Bom dia meus amiguinhos! Faz tempo que não falo sobre dietas e o quão importante é cuidar da alimentação. Trago um belo exemplo aqui da Kelly Osbourne. Filha do lendário Ozzy Osbourne!!! Cara, eu via o programa deles na MTV, acho que era “The Osbournes”. Aquilo era surreal!!! Porém bem divertido!!!

Então, hj estava vendo o site da Globo (sim, eu olho site deles!) e li essa declaração da Kelly Osbourne, que era bem grandinha e emagraceu um monte: “Todo mundo me pergunta qual o segredo mas a verdade é que não tem segredo algum. Fiz tudo do jeito difícil. Eu fechei a boca e passei a malhar. Aquele jeito antigo de se comprometer consigo mesma e acordar todo dia de manhã colocando em prática o que se planejou” diz a menina.

Olhem a diferença!!! Pessoal, não existe milagre! Se déssemos o tempo necessário a nós mesmo, todo mundo conseguiria emagrecer! Claro, infelizmente, 2 a 4% da população sofre de obesidade mórbida. E a Kelly Osbourne ainda acrescenta outra melhora: “…Parece que um sentimento ruim que me incomodava simplesmente não existe mais.” SIIIM, as pessoas ficam irratadas quando não se alimentam direito. Todos deveriam assistir ao documentário do Super Size Me. Ali, mostra direitinho a mudança de humor e como o organismos sofre em uma alimentação pobre em vitaminas.  É impressionante, mas a comida rica em gordura, principalmente junkie food vicia! Sim, o cara fica viciado em McDonalds, é a maior viagem. E a comida em 20 dias começa a atacar o fígado do cara como se ele fosse um alcoólatra que bebe a 5 anos! Realmente, não é só dois hamburgueres, alface, queijo e molho especial, mas sim uma bomba!!! Acrescenta nesse meio coxinhas de galinha, pastéis fritos, risolis e uma infinidade de besteiras e porcarias.

Vale lembrar que levamos 9 meses para ficarmos “prontos”. Então para se perder peso, nada menos que 1 a 2 anos, menos que isso é prejudicial a saúde, pois emagrecer muito rápido o organismos acha que esta sofrendo algum tipo de perigo e aciona uma série de sinalizações para aumentar fome e absorção do que é ingerido. Gente, tem muito nutricionista e médico que não entendem porra nenhuma de fisiologia!! Eu sei muito bem o que é o feito sanfona na pele, então, façam exercícios e comam direitinho. Não há outra forma!! Na real, não era para termos essa vida com esse estilo alucinante. E fora que as vitaminas previnem uma série de doenças. Mas alguns estudos mostram que o excesso delas podem fazer muito mal. Mas nada se compara a um bom prato com proteína, um pouco de carboidrato e salada. Darei mais dicas em próximos posts!

Bom, fica aqui a dica! Sempre iremos defender a beleza natural! E por favor, não façam lipo, isso é a maior agressão que o organismo pode sofrer.

Pensem bem!!

Era uma vez uma gaveta

25/10/2010 § Deixe um comentário

Sustentabilidade. Palavrinha que vemos em todos os cantos. Mas vamos falar de outra palavra que também caracteriza sustentabilidade? Reutilização. Nós temos muita coisa em casa que não usamos. Muitas vezes queremos colocar fora, mas antes de fazer isso pense: eu posso reutilizar?

Quase sempre temos alguma tralha, algum móvel antigo, destruído, algum objeto que, se formos reformar, nem que seja um pouquinho, já podemos dar uma outra utilidade. Pensem bem. Já falei em outro post sobre isso, como podemos fazer uma dança das cadeiras com nossos objetos/móveis, podemos mudar o destino de algo, trocando sua utilização, sendo um pouco criativo podemos fazer um muito!

É o que aconteceu nesse pequeno projeto aqui. Uma gaveta sem utilização. Um espaço para colocar objetos, livros. Um reuso. E notem que nem o puxador foi tirado, ele fez parte dessa nova visão do móvel. Simples gente. Muito simples.

Adoro projetos assim. Me surpreendem. Daí tu pensa: se surpreende com somente isso? É, somente isso. E esse somente que fez um objeto se transformar em outro.

Projetos que nos  alegram. design sponge.

Cantinho de quarto

22/10/2010 § Deixe um comentário

Já pensaram no cantinho do quarto que temos e quase nunca valorizamos?

O espaço ao lado da cama, ou os dois espaços (um de cada lado), quase sempre são negligenciados, esquecendo de colocar vida no que pode ser algo bem característico no quarto. A maioria das pessoas se preocupa com a sala, dar vida para esse cômodo e quase sempre deixa o quarto por último.

Pois acho isso nada certo. O quarto é um lugar de descanso, passamos algumas horas por dia lá e deve ser visto como algo com harmonia, equilíbrio, onde a energia não poderá ficar estagnada, onde circule um bom ar, uma boa iluminação. E nisto está o cantinho do quarto. Selecionei algumas imagens que dão ideias fora daquele clássico abajur + criado mudo.

Além de ter uma cabeceira bem linda com tecido igual da almofada, o cantinho aqui tem uma prateleira com madeira bem rústica, somente aplainada na superfície superior, cesto ou banco de vime, luminária na parede, decoração pequena e bem simples. Um quadro com fotos de paisagem ou até com fotos das pessoas torna mais aconchegante.

Algo mais simples do que uma banqueta + luminária de tecido + baú para guardar pertences. Ah, viram como fica lindo o laranja, quase amarelo queimado + cinza? Acho essa combinação de cores muito bacana. Imagem: design sponge.

Um modelo mais clássico de criado mudo e luminárias. Mas aqui fica uma dica para sair do sistema clássico: luminárias diferentes para cada lado. Nesse caso destacaram as cores do ambientes, a paleta de cores que se destaca como amarelo, cinza, azul escuro.

Quer algo mais descolado, mais fora de contexto, um pouco mais bagunçado? Mas um bagunçado organizado, entende? Um simples cubo pode fazer às vezes de criado mudo, livros bem organizados, luminária, uma planta. Aqui a paleta de cores ficou bem clara, as cores estão acima nos círculos. O tapete na parede e esse assoalho de madeira deixam o local bem mais rústico e em um estilo mais regional.

Pensando também em sustentabilidade e ao mesmo tempo baratear custos? Junte algumas revistas, pegue uma bandeja (tem algumas lojas que vendem bandejas em MDF, é uma boa ideia comprar ali e pintar você mesmo), faça a base da sua cama com pallets (qualquer construção sempre tem e depois descartam, então pode-se pegar ali mesmo, dar um tratamento mínimo com jimo cupim ou verniz) e tenha um quarto econômico.

Que tal? Gostaram das imagens? Sair do óbvio, sair do clássico e reciclar ideias faz bem.

Ah, eu jurava que tinha todos os links de todas as imagens. Mas certamente são imagens que tenho à algum tempo…

Cabeceira (mais uma para variar)

22/10/2010 § 2 Comentários

Então. Estou em um processo de troca da nossa cabeceira. Não que a gente vá mudar completamente. Somente iremos mudar a madeira que tínhamos, já que passamos jimo cupim escuro e achei o quarto bem dark, além do que deveria.

Mas olha só. Abaixo mais uma ideia de cabeceira: uma porta (tenho uma fixação por cabeceiras, algo inacreditável, mas sempre acho que o estilo faça você mesmo para esta parte do quarto é melhor e muito mais barato do que vemos nas lojas). A porta foi arrumada certinho, pintada e colocada na parede. O total da cabeceira foi de vinte dólares. O acabamento é simples, a ideia mais ainda!!!!!

Que tal? Ideias simples, baratas e fáceis. Sempre vai valer a pena. Tirei do design sponge.

Um bom exemplo, bem que poderíamos copiar!

20/10/2010 § 2 Comentários

Gente Buena, mas um dia em nossas vidas! Como estão todos!?!?

Quem me conhece sabe que eu não sou nem um pouco a favor dos EUA. Mas depois dessa reportagem, não posso deixar de tirar o chapéu! Já escrevi em posts anteriores que eu sou a favor da intervenção do Estado em determinados assuntos dentro do país. A prova disso é o modelo da Hyndai, o Leaf (foto abaixo), que é o primeiro carro elétrico produzido em larga escala. Como ele será caro por causa da bateria, o governo americano subsidiará o parte do preço para que ele seja atraente a população.

Fonte: Planeta Sustentável

E aqui? Qual subsídio recebemos??? Nem o combustível que já somos auto-suficientes, recebemos um centavo de ajuda. Por que? Simples, é para tornar as ações da Petrobras atrativa ao capital privado! Pra que subsidiar, né? Afinal, nossa produção nem é escoada pela malha rodoviária que utiliza diesel! FODAAAAAAA.

Por isso que eu não perco mais meu tempo votando, pois no fim é tudo a mesma coisa. Medidas importantes para o povo não serão tomadas e só será atendido a vontade de poucos, que claro, não a vontade da maioria! E no fim, é maioria que escolhe! Paradoxal!!!

Pense bem!!!

Onde estou?

Você está atualmente visualizando os arquivos para outubro, 2010 em .