Sobre extinções

04/06/2010 § Deixe um comentário

Dia desses, lendo a Viagem e Turismo (melhorou a revista, os textos estão melhores, dão alternativas de lugares mais baratos, mas ainda me decepciono com algumas coisas… claro, não sou o público alvo da revista, certamente!), li algo que fiquei abismada. Isso mesmo, abismada. Um resort que é parceiro do Projeto Tamar, o Iberostar Bahia, tinha em seu cardápio no restaurante de comida mediterrânea o Mero. Gente, para quem não sabe, o Mero é um peixe que está em extinção e jamais poderia estar em um cardápio de restaurante algum, muito menos em um parceiro do Tamar.

Claro, o resort alegou erro no cardápio na hora da tradução. Mas, convenhamos, ter um erro deste tipo não é simples assim. Na mesma linha do resort, fico apavorada com o uso de peles para roupas, assim como animais em extinção fazem parte da alimentação de muitas pessoas.

Isso é crime. Se liguem.

Se você quiser saber mais sobre o Mero, entre no site Meros do Brasil, projeto de conservação da vida marinha.

. Pegamos a foto na internet. Os créditos estão nela.

Anúncios

Marcado:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Sobre extinções no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: