De volta!

03/08/2009 § Deixe um comentário

Eae pessoas! Estou de volta!!! Grande coisa, né! haha… Bom, depois de uma semaninha em Itajaí para trabalhos com as minhas esponjas e mais uma semana sem computador, cá estou.

Blog

A fotinho aí de cima é do Navio de Pesquisa Soloncy Moura (a esquerda). Um navio completissímo de pesquisa. Pode-se largar espinhel, armadilhas de profundidade e arrasto (a direita, foto da rede). Fui convidado pelo Sérgio Stampar (aluno de doutorado da USP) para participar de umas coletinhas feitas com arrasto. Essa metodologia é feita para estudarmos os animais do fundo do mar, principalmente aqueles que não nadam, como as esponjas que eu trabalho. Claro, como era em profundidades de 200 a 300 metros, nenhum mergulhador consegue chegar a essa profundidade, somente com submersíveis e como não era o nosso caso, fomos fazer os arrastos. Muito legal, mas pena que o sistema hidraúlico do Soloncy deu um pouco de problema, que nos impediu de conhecer a fauna de profundidade de Santa Catarina. A pressão do motor para largar e principalmente, içar a rede (o sistema todo pode pesar até 6 toneladas) era tanto, que os canos furavam. SIM, furaram. Trocamos, ne real o pessoal do CEPSUL trocou, mas o problemas continuaram. Mas dá nada, pois haverão muitas outras possibilidades!!!!

A equipe de pesquisa – (Atrás da esquerda para direita) Fernando, eu, Alisson. (Frente no mesmo sentindo) Diego, Sérgio e o Ezequiel. Tirando eu, o resto do pessoal é da USP.

Poxa, eu tenho que tirar o chapéu pra estrutura do CEPSUL e a organização deles. Os caras liberam o Navio para quem quiser pesquisar em águas profundas, perto da costa e para fiscalização do IBAMA ou ICMBio. O Navio tem cabines para a tripulação que são umas 8 pessoas e mais uns 7 pesquisadores. Banheiros femininos e masculinos, área de convívio para as refeições e uma baita cozinha. Muito legal mesmo!

Nessa expedição, fizemos duas saídas a alto-mar. Uma a uns 150km da costa e a segunda, bem mais intepestiva devido ao ciclone extra-tropical (pegamos somente uma ponta), fomos as uns 250km da costa! Muuuuito legal. Ficar na imensidão do mar sem um sinal de terra é demais!! Pena mesmo que não conseguimos jogar a rede. Mas tudo bem.

Anúncios

Marcado:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento De volta! no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: