Pense bem…

09/06/2009 § 6 Comentários

Não, não é o joguinho!

Achei ótima essas dicas e acredito que ajudará muito. Seguem algumas dicas que devemos levar em consideração, quando formos adotar ou adiquirir um pet:

Fonte: Bichos do Campus

Antes de adotar

– Ter em mente que um animal (cão ou gato) vive em média de 12 a 15 anos e dependerá inteiramente de seu dono durante sua vida;
– Ter a concordância de todos da família, verificar se há recursos necessários para manter o animal (ele vai precisar de ração, medicamentos e eventuais cuidados veterinários) e averiguar se há quem fique com ele durante as férias e feriados prolongados.
– NÃO dê animais de presente. Não imponha um animal a quem não fez uma escolha consciente de adotá-lo. Animais não são objetos!
– NÃO adote ou compre um animal de uma determinada raça só porque está na moda, pois a moda passa. Além disso, cachorros e gatos vira-latas costumam ser muito inteligentes e mais saudáveis que cachorros e gatos de raça, por terem maior diversidade genética.
– Se escolher adotar um filhote, lembre-se que ele é fofinho agora, mas vai crescer rapidamente e precisará de espaço. Os filhotes também costumam ser estabanados e precisam ser disciplinados, com carinho, para não roerem ou quebrarem objetos e móveis.
– Tenha em mente que todo filhote precisa de visitas periódicas ao veterinário e de atenção constante.
– E lembre que todo animal faz xixi e cocô. Verifique quem vai se responsabilizar pela limpeza do local.
– Lembre que gatos são tão carinhosos com seus donos como os cachorros, mas são mais independentes e podem passar tranqüilamente longas horas sozinhos. Já os cachorros são carentes e gostam de ficar perto do dono e da família na maior parte do tempo. Muitos deles choram e uivam se deixados por muito tempo sozinhos. Se você mora sozinho e costuma ficar pouco tempo em casa, considere adotar um segundo animal para que um faça companhia ao outro.

Depois de adotar

– Mantenha o animal sempre dentro de casa, jamais solto na rua. Para os cães, passeios são fundamentais, mas apenas com coleira/guia e conduzido por quem possa conter o animal. Para gatos que vivem em apartamento, é necessário telar janelas para evitar quedas fatais;
– Cuide da saúde física do animal. Forneça abrigo, alimento balanceado (de preferência ração), medicamentos e vacinas.
– Leve o animal regularmente ao veterinário. Banhe, escove e exercite-o periodicamente. – Zele pela saúde psicológica do animal. Dê atenção, carinho, estímulos e ambiente adequado.
– Ao passear, recolha e os dejetos em saquinhos, não deixe nas calçadas. Leve para casa e coloque os dejetos no vaso sanitário e o saquinhos no lixo descartável.
– Coloque uma plaqueta com seu nome e telefone na coleira do animal.
– Evite crias indesejadas de cães e gatos (esterilizando os machos e fêmeas). A esterilização é a única medida definitiva no controle da procriação e não tem contra-indicações.
– Não abandone nenhum animal. Ele sofrerá todos os tipos de maus-tratos na rua, como espancamento, mutilações, envenenamento, queimaduras, etc.. Ele sentirá frio, fome e sede. Ele poderá ser atropelado, ficar ferido, doente, sentir dor, medo, tristeza…
– Eduque as crianças para respeitar o animal, não batendo, chutando, torcendo, puxando ou ainda, jogando-o de escadas e janelas. Lembrar-se sempre que os animais só costumam agredir se forem agredidos primeiro.

Anúncios

Marcado:

§ 6 Respostas para Pense bem…

  • Edriana disse:

    Olaaa tudo bem … vi um comentario seu no chata de galocha
    e adorei esse post viu

    Acabei de me apaixonar por 2 cachorrinhos abandonados na rua da minha ksa, ainda nao sei que raça é nem quanto tempo tem … Foi amor a 1º vista e olha que eu nunca gostei de cachorros hein … sei lá o que aconteceu

    Sei que não tenho coragem de dar 1 e ficar somente com 1 pois eles sao irmaos acho k um faz companhia pro outro

    Adorei as dicas

    bjs

    • Joao Luis disse:

      Olá Edriana,
      que bom que tu gostaste do post! E que ÓTIMO que tu adotaste os cachorrinhos!!! No inicio, eles piram um pouco pq são babys, mas depois se tornam um doce!! Invariavelmente, eles se acalmam e tornam-se os melhores companhias do mundooo!! hehehe…
      Bom, sou suspeito, pois temos 3 de rua em um apê de 40m2. Mas tudo se ajeita qndo há amor!! hehehe..
      Se quiseres mais dicas, por favor, nos escreva!!

  • Edriana disse:

    Oie Joao olha eu aki denovo hahaha

    Entao ontem levei eles no veterinario e descobri que eles sao uma mistura de vira-lata + rotvailer ( nao sei se é assim que escreve ) hahaaha … O veterinario disse que eles tem mais ou menos 60 dias …

    Queria uma dica como educá-los para fazer as necessidades somente em um lugar, pois esta noite e negocio foi feito nao teve um lugar que nao fizessem coco..=/

    Mas ta valendo, só o carinho que eles me recebem qdo chego em ksa nao tem recompensa…

    Espero a dica

  • […] Coloco um link aqui sobre um post que escrevi justamente sobre os cuidados que necessitam os animais e pequenos detalhes que certamente farão você pensar se quer realmente cuidar de outra vida. Outra vida que não fala, mas tem sentimentos e necessita da sua ajuda. Pense bem antes de pegar, pois depois é SUA OBRIGAÇÃO cuidar desta vida. […]

  • […] por dia. E existe sim um investimento. Antes de pegar qualquer animal, pense muito bem. Tem um post aqui no blog falando justamente sobre isso. Depois de pegar, não venha com essa de querer […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Pense bem… no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: